Piauiense de 38 anos morre carbonizada em incêndio na Holanda do Norte - Mundo
FATALIDADE

Piauiense de 38 anos morre carbonizada em incêndio na Holanda do Norte

Vítima era natural de Campo Maior


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A brasileira Edilene Carvalho Moorma, de 38 anos, natural de Campo Maior, no Piauí, foi identificada como a vítima carbonizada encontrada após um incêndio aconteceu na madrugada do dia 29 de janeiro na Holanda do Norte, província dos Países Baixos na Europa Ocidental.

  

Piauiense de 38 anos morre carbonizada em incêndio na Holanda do Norte Reprodução
   

A piauiense trabalhava como doméstica no centro comercial em Schellinkhout, uma vila localizada no município de Drechterland, onde ocorreu um incêndio de grandes proporções, provocado por um vazamento de gás.

Segundo a família de Edilene, representantes do Consulado-Geral do Brasil foram até Campo Maior, a pedido da polícia holandesa, para coletar o DNA de familiares e o resultado saiu na última sexta-feira (24), confirmando a identidade da piauiense.

  

Brasileira que morreu em incêndio na Holanda do Norte é de Campo Maior Reprodução
   

Edilene morava na Holanda do Norte há cerca de 15 anos e era casada com um holandês. Seu corpo deve ser sepultado na Holanda pelo seu ex-marido, já que a família não tem condições de custear as despesas para trazê-la para sua terra natal.

*Este conteúdo é de responsabilidade de Kleber Oliveira, parceiro do A10+

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado