INVESTIGAÇÃO

Aeronave roubada em Teresina pode estar sendo usada para o tráfico de drogas; Greco investiga

Avião de pequeno porte é avaliado em R$ 2 milhões; roubo aconteceu no último sábado (14)


O Grupo de Repreensão  ao Crime Organizado (Greco) está responsável pela investigaçõesdo roubo da aeronave registrada em Teresina no último sábado (14). O delegado Charles Pessoa relatou à TV Antena 10 que as diligencias já foram cumpridas e que não descarta qualquer linha de investigação sobre o caso. O proprietário da aeronave relatou ao A10+ que uma das suspeitas é que o avião tenha sido roubado por um grupo especializado para ser utilizado em atividades ilícitas, como tráfico de drogas.

  

Bandidos invadem clube e roubam aeronave avaliada em R$ 2 milhões em Teresina
Arquivo pessoal

   

"Nós já iniciamos essas diligências. Até então a gente não pode apresentar os resultados para não atrapalhar esse processo investigatório. Iremos buscar esse resultado para apresentar o que a sociedade deseja que é a titularidade desse crime. Ainda é pouco prematuro a gente fazer alguma afirmação sobre a destinação dessa aeronave. Nós não estamos descartando nenhuma linha de investigação, estamos trabalhando e com certeza vamos apresentar esse resultado com todo esse contexto", afirma o delegado Chales Pessoa. 

Na madrugada de sábado (14), bandidos fortemente armados invadiram o Clube de Ultraleves do Piauí e roubaram um avião de pequeno porte na zona Leste de Teresina. A aeronave é avaliada em R$ 2 milhões de reais. 

A informação foi confirmada ao A10+ pela Inteligência da Polícia Militar do Piauí. De acordo com a PM, após invadirem o local, os criminosos armados renderam o caseiro que cuidava do clube e foram até onde a aeronave estava guardada. 

Ainda segundo relatos, os bandidos abasteceram a aeronave Cessna 206 PT-DQF e fizeram a decolagem. O avião é de pequeno porte e composta além do piloto, outros cinco passageiros. A aeronave é de propriedade do médico Jacinto Barbosa Ley Chaves, dono da Clínica Neurocentro. Um boletim de ocorrência já foi registrado acerca do caso. 

  

“Triste com essa insegurança”, declara dono de aeronave roubada em Teresina
Arquivo pessoal

   

Ao A10+, o médico Jacinto Barbosa Lay Chaves, dono da Clínica Neurocentro e proprietário da aeronave, lamentou o caso e a insegurança que assola o estado. Ele comentou que os bandidos são experientes, principalmente porque um deles tem conhecimento em pilotar uma aeronave desse porte que foi roubada.

“A gente paga os nossos impostos, teoricamente era pra ter o mínimo de segurança e acontece uma situação dessa de levar um bem que pra ser levado precisa de todo um aparato, um piloto, uma pessoa que entende de mecânica pra acionar o avião. Muito triste com esse grau de insegurança que estamos vivendo hoje, a falta de segurança. O poder público não está ofertando isso pra gente”, lamentou o médico.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque