NO PIAUÍ

“Triste com essa insegurança que estamos vivendo”, diz dono de aeronave roubada em Teresina

Ao A10+, médico falou sobre o caso e como grupo agiu nesta madrugada na zona Leste da capital


O A10+, portal de notícias da TV Antena 10 e parceiro do R7 no Piauí, conversou com o médico Jacinto Barbosa Lay Chaves, dono da Clínica Neurocentro. Ele é proprietário da aeronave avaliada em R$ 2 milhões que foi roubada na madrugada deste sábado (14) em Teresina.

Bandidos fortemente armados renderam o caseiro e a esposa dele que está grávida no do Clube do Ultraleve do Piauí. Depois, retiram o avião de dentro do hangar e decolaram ainda durante a madrugada, por volta das 3h. A aeronave, de prefixo PT DQF, tem capacidade para seis ocupantes. 

“Triste com essa insegurança”, declara dono de aeronave roubada em Teresina
Arquivo pessoal

   

Ao A10+, o proprietário lamentou o caso e a insegurança que assola o estado. Ele comentou que os bandidos são experientes, principalmente porque um deles tem conhecimento em pilotar uma aeronave desse porte que foi roubada.

“A gente paga os nossos impostos, teoricamente era pra ter o mínimo de segurança e acontece uma situação dessa de levar um bem que pra ser levado precisa de todo um aparato, um piloto, uma pessoa que entende de mecânica pra acionar o avião. Muito triste com esse grau de insegurança que estamos vivendo hoje, a falta de segurança. O poder público não está ofertando isso pra gente”, lamentou o médico.

Os bandidos pediram para serem levados direto ao hangar 10, onde o Cessna ficava guardado, porém, um dos cuidadores havia trocado e o colocado no 11. Informações preliminares apontam ainda que o vigia, no momento, não lembrou da mudança e teria sofrido maiores pressões por parte do bando até localizar a aeronave.

Ainda de acordo com o proprietário, uma das suspeitas é que o avião tenha sido roubado por um grupo especializado para ser utilizado em atividades ilícitas, como tráfico de drogas. 

Bandidos invadem clube e roubam aeronave avaliada em R$ 2 milhões em Teresina
Arquivo pessoal

   

Horas após o caso, a Secretaria de Segurança do Piauí, através da Superintendência de Operações Integradas, informou que o Grupo de Repreensão ao Crime Organizado (GRECO) em parceria com a Polícia Federal e Militar, iniciaram as investigações sobre o roubo da aeronave. Até o momento a polícia realiza os primeiros levantamentos e ainda não possui informações mais detalhadas sobre o crime.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque