NO LITORAL DO ESTADO

No Piauí, detentos usam lençóis para escalar muro e tentar fugir de presídio; assista

O caso ocorreu na madrugada desta sexta-feira (20) em Parnaíba, litoral do estado


Câmeras de segurança da Penitenciária Mista Juiz Ibiapina, em Parnaíba, litoral do Piauí, flagraram cinco detentos usando lençóis e escalando o muro da unidade prisional na tentativa de fugir. O caso ocorreu na madrugada desta sexta-feira (20).

Um vídeo obtido pelo A10+ mostra o exato momento em que os presos aparecem com uma espécie de corda feita com lençóis para pular o muro. Nas imagens é possível ver observar também que alguns tentaram escalar um dos pilares do local.

  

No Piauí, detentos usam lençóis para escalar muro e tentar fugir de presídio
Reprodução

   

Em nota divulgada à imprensa, a gerência da penitenciária relatou que a tentativa de fuga foi abortada pelos policiais penais e militares que estavam de plantão no momento da ocorrência. A segurança no local foi reforçada depois do ocorrido.

No último dia 31 de dezembro de 2022, doze presos conseguiram fugir de uma cela improvisada onde funcionava um antigo refeitório da penitenciária. O local não possuía cobertura do sistema de vigilância e tinha apenas um policial na segurança.

Ainda em nota, a gerência destacou a “superlotação do estabelecimento” como uma “situação inerente a todo sistema prisional brasileiro”,  mas ressaltou que o problema deve ser amenizado com a construção de uma nova unidade na região.

Assista ao vídeo:

Veja abaixo a nota na íntegra:

A Gerência da Penitenciária Mista Juiz Ibiapina, em Parnaíba, informa que, na madrugada desta sexta-feira (20), 5 presos tentaram fugir. A tentativa foi abortada pelos policiais penais e militares que estavam de plantão no local. A Sejus reconhece a superlotação do estabelecimento, situação inerente a todo sistema prisional brasileiro, mas esclarece que já reforçou a segurança do local e uma nova unidade será construída na região Norte do Estado, em Buriti dos Lopes.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque