No Piauí, policial é preso por suspeita de passar informações e fazer segurança de líder de facção - Polícia
EM OPERAÇÃO

No Piauí, policial é preso por suspeita de passar informações e fazer segurança de líder de facção

O sargento será submetido ainda a um procedimento administrativos no âmbito da corporação


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Um sargento da Polícia Militar, que não teve o nome revelado, foi preso suspeito de ligação com facção criminosa que atuava na cidade de Pedro II, ao Norte do Piauí. Ele foi detido durante operação deflagrada pelo Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), no último final de semana.

O A10+ apurou que o PM é investigado pela acusação de passar informações privilegiadas e fazer a segurança do líder da facção criminosa. Com ele, as equipes encontraram um carro com adulterações.

  

Sargento da PM foi um dos presos na operação do DRACO em Pedro II Reprodução

   

"As forças de segurança pública, através de seus serviços de inteligências, identificaram indícios de desvio de conduta de um determinado policial militar e, de pronto, o comandante-geral, o coronel Scheiwann, determinou a Corregedoria ir até a cidade de Pedro II, com o Draco, para prender em flagrante o policial militar, que estava com sinal identificador de um veículo automotor adulterado", explicou o coronel Erisvaldo Viana em entrevista à TV Antena 10.

O comandante do policiamento meio-norte ainda destacou que o sargento será submetido ainda a um procedimento administrativos no âmbito da corporação.

"Será dado a ele o direito ao contraditório, a ampla defesa, e se verificado, realmente,  que ele teve esse desvio de conduta, ele será responsabilizado. Nosso comandante-geral não admite, sob hipótese alguma, o desvio de conduta por parte de qualquer integrante da Polícia Militar do Estado do Piauí", disse.

O policial militar passou por audiência de custódia, onde foi decretada prisão preventiva, e encontra-se recolhido em Teresina.

"Ele está à disposição, tanto da corregedoria, para averiguar seu desvio de conduta, como do Draco, que ficará com a responsabilidade da investigação acerca da participação desse policial militar no cometimento desses crimes", concluiu.

Líder de facção preso na DRACO 104

líder de uma facção criminosa e outras seis pessoas foram presos durante a Operação Draco 104A ação teve como objetivo desarticular um organização criminosa que atua na cidade. Na ação, foram apreendidos armas de fogo, munições, drogas, aparelhos celulares, grande quantidade em dinheiro e joias, incluindo uma arma que foi furtada de um policial militar do Estado do Piauí.

O coordenador do Draco, delegado Charles Pessoa, informou que o líder da facção foi preso em uma residência de luxo. Ele tentou de livrar de uma arma antes de ser preso.

  

Operação Draco 104 prendeu o líder de uma organização criminosa Divulgação
   

"Durante a abordagem esse homem tentou arremessar uma arma de fogo para fora da residência, no entanto, já tínhamos conhecimento da existência da mesma, através de uma investigação muito bem elaborada. Vale frisar, que o acusado mora em uma residência de luxo, com piscina, banheira de hidromassagem, além disso, possui veículos de luxo", disse.

À TV Antena 10, o coordenador do Draco pontuou que a célula desarticulada foi localizada a partir de investigações que apontavam o envolvimento da organização com venda de drogas, lavagem de dinheiro, roubos e participação em homicídios na região.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Eleições nos Estados Unidos: você acha que Joe Biden tem condições de disputar a reeleição

ver resultado