Polícia prende "Kakaroto", suspeito de vender drogas para "alta sociedade" de Teresina - Polícia
POLÍCIA

Polícia prende "Kakaroto", suspeito de vender drogas para "alta sociedade" de Teresina

Durante a prisão, ele estava usando uma camisa com a imagem do personagem que é conhecido mundialmente como "Goku"


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

(Atualizada às 14h37)

Um homem identificado como Adolfo César Nolleto de Sousa, conhecido como “Kakaroto”, foi preso pelo Departamento Estadual de Repressão ao Narcotráfico (DENARC) nesta terça-feira (09), suspeito de tráfico de drogas. Segundo a polícia, além de liderar o tráfico no bairro Saci, zona Sul de Teresina, Adolfo era estudante de administração. 

O apelido "Kakaroto" vem do desenho Dragon Ball que, aparentemente, o suspeito é fã. Durante a prisão, ele estava usando uma camisa com a imagem do personagem que é conhecido mundialmente como "Goku".

  

"Kakaroto" é preso suspeito de liderar o tráfico no bairro Saci em Teresina
Reprodução

   

"Um flagrante feito a partir de um mandado de busca e apreensão e investigação que confirmou que o indivíduo de alcunha 'Kakaroto', que é estudante de administração, seria o principal atuante tráfico de drogas na região do bairro Saci. Por essa razão fizemos essa diligência, demos cumprimento a essa cautelar e lá chegamos, apreendemos uma arma de fogo, balança de precisão, muita droga, uma droga que vem crescendo no mercado que é o Skunk, além de 3 veículos. Um Corolla e outros 2 tidos como populares", explicou o delegado Samuel Silveira ao A10+.

De acordo com informações repassadas pelo DENARC, Adolfo comercializava drogas para a “alta sociedade” de Teresina. Maconha do tipo Skunk, que era vendida pelo mesmo, foi encontrada e apreendida durante a ação policial. 

  

Material apreendido pela polícia
Divulgação

   

"Nos primeiros momentos houve denúncia anônima, uma investigação, houve uma série de campanas seguindo todo o itinerário do mesmo até a configuração da venda por ele. No exato instante que, de fato, tivemos a certeza que a droga estava em poder dele, inclusive que ele havia se abastecido há poucos instantes, fizemos o cumprimento do mandado e realizamos a prisão. Ele comercializava para pessoas de classe média e classe média alta", completou o delegado. 

No local a polícia ainda apreendeu uma arma de fogo, munições e objetos utilizados para o tráfico. O delegado afirmou ainda, ao A10+, que foi apreendido cerca de 1 kg de entorpecente na residência onde Adolfo estava. "A presença da arma só reforça a atividade periculosa desse indivíduo, que já vinha sendo investigado", finalizou.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Eleições nos Estados Unidos: você acha que Joe Biden tem condições de disputar a reeleição

ver resultado