Suspeito de matar homem em apartamento no PI alega que foi abusado pela vítima, diz delegado - Polícia
INVESTIGAÇÃO

Suspeito de matar homem em apartamento no PI alega que foi abusado pela vítima, diz delegado

O delegado destacou que a versão de que houve uma luta corporal entre o autor e a vítima não foi confirmada


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Cauã Alexandre da Silva, preso por suspeita de assassinar outro em um condomínio na zona Sul de Teresina, alegou à Polícia Civil do Piauí que cometeu o crime após ter sido abusado sexualmente pela vítima, identificada como Kailson. O crime aconteceu no último sábado (25).

"Ele confessou o crime ao delegado de plantão e alegou que adormeceu e quando acordou estava sendo abusado pela vítima. Ele diz que travou uma luta corporal, conseguiu desacordar a vítima, pegou a faca na cozinha e desferiu pelo menos 18 golpes contra o outro rapaz", afirmou o delegado Danúbio Dias à TV Antena 10. 

  

Crime ocorreu no último sábado (25) na zona Sul de Teresina Ronney Oliveira/TV Antena 10

   

O delegado destacou que a versão de que houve uma luta corporal entre o autor e a vítima não foi confirmada. "Os peritos não encontraram no corpo do autor sinais de lesão de defesa, o que sugere que essa versão não é verdadeira", acrescentou.

Cauã declinou à polícia o nome do bar em que ele estava anteriormente com a vítima. Os investigadores estão trabalhando para localizar o estabelecimento. "A vítima não tinha histórico criminal, e o suspeito ainda estamos fazendo um levantamento, não há informações consolidadas. Com relação ao bar, estamos tentando localizar alguma testemunha de que realmente eles estiveram no estabelecimento e coletar mais informações", concluiu o delegado.


Pelo menos 18 facadas na vítima

Segundo apurado pela TV Antena 10 com a delegada Nathalia Figueiredo, a vítima e o suspeito teriam ingerido bebida alcoólica em um bar próximo e depois foram até o apartamento onde aconteceu o crime.

"A PM foi acionada por volta de 6 horas da manhã, sendo relatado que um rapaz estava dentro do apartamento em óbito. Segundo testemunhas, ele foi visto chegando na companhia de outro rapaz, eles teriam consumido bebida alcoólica em um bar próximo  e um vizinho teria ouvido uma pessoa forçando a porta para sair. Quando viu era o autor. Ele estava no apartamento com a vítima, houve um desentendimento e ele desferiu vários golpes na região da face, pescoço, abdômen e costas", disse a delegada.

Segundo a delegada, quando a polícia chegou no local o suspeito ainda estava dentro do apartamento onde aconteceu o crime. Ele teria confessado o crime e a suspeita é que ele tenha golpeado a vítima pelo menos 18 vezes.

"Quando chegamos ele estava ainda no apartamento, estava trancado por dentro, foi necessário fazer o arrombamento e demos voz de prisão. Foi feito um rápido interrogatório e ele confessou ter praticado o delito e foi conduzido para a Central de Flagrantes. Foi apreendida uma arma branca no local e na analise pericial, de forma bem superficial, foram cerca de 18 a 20 lesões, mas a quantidade certa virá com o laudo cadavérico", explicou à TV Antena 10.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado