Três pessoas são presas e veículos apreendidos durante blitz em Teresina - Polícia
BLITZ

Três pessoas são presas e veículos apreendidos durante blitz em Teresina

Prisões e fiscalizações acontecem durante uma blitz realizada pela Secretaria de Segurança do Piauí


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A operação “É por todos nós” prendeu duas pessoas e apreendeu motocicletas e um carro neste domingo (12) em Teresina. No bairro Vale do Gavião, um homem foi preso por conduzia uma motocicleta com chassi e motor adulterados. Ainda durante a blitz, policiais prenderam um outro homem, identificado pelas iniciais A.P.S., suspeito de fazer delivery de drogas. Ele foi preso com papelotes de cocaína e uma máquina de cartão. 

Uma terceira prisão aconteceu quando um condutor de um carro foi preso por dirigir um veículo com restrição de roubo. 

  

Prisões aconteceram durante blitz em Teresina
divulgação / SSP-PI
   

O Gerente de Operações de Trânsito da Secretaria de Segurança Pública, Fernando Aragão, afirmou que um dos presos apresentou documento de um veículo roubado. Ele circulava com uma motocicleta com chassi e motor adulterados. 

"Ao ser abordado na blitz, o suspeito apresentou um documento de um veículo roubado. Devido a adulteração realizada, acreditamos se tratar de furto ou roubo. Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes e ficará a disposição da Justiça." explicou Aragão. 

Ainda foi preso durante a ação um homem que transportava papelotes de cocaína. Ele é suspeito de fazer delivery de drogas. Aragão ainda ressaltou a importância da intensificação das fiscalizações em Teresina. "Com esse trabalho estamos tirando de circulação drogas e recuperando veículos furtados e roubados, com isso estamos reduzindo a criminalidade na capital".

A Secretaria de Segurança também comunicou que um outro condutor, com um carro, foi encaminhado para a Central de Flagrantes por conduzir um veículo com restrição de roubo.  A policia informou que será feita a verificação para identificar se existe uma falsa comunicação de crime, já que, o motorista do veículo afirmou ter comprado o carro de forma legal.

A operação é uma ação integrada entre a Polícia Civil, Polícia Militar, Detran e STRANS.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado