POLÍTICA

Professora da Uespi integra equipe de transição do governo Lula; veja nomes

Vice-presidente eleito anunciou novos nomes nesta quarta-feira (16)


O vice-presidente eleito e coordenador da equipe de transição, Geraldo Alckmin (PSB), anunciou, nesta quarta-feira (16), novos integrantes de grupos técnicos que farão parte da transição dos governos. Entre eles, o da pesquisadora Iraneide Soares da Silva – Doutora em História Social e professora da Universidade Estadual do Piauí (Uespi).

A piauiense é doutora em História e integrante do Núcleo de Estudos e Pesquisas em História e Memória da Escravidão e do Pós-Abolição da instituição piauiense. Ela também é presidente da Associação Brasileira de Pesquisadoras/es Negras/os.

  

Professora da Uespi integra equipe de transição do governo Lula; veja nomes
Reprodução

  

Iraneide Soares da Silva comporá o eixo da Ciência e Tecnologia. O vice-presidente eleito indicou outros integrantes do grupo em diversos eixos; além de Ciência e Tecnologia,  estão inclusos Agricultura, Comunicação Social, Desenvolvimento Regional, Justiça e Segurança Pública, entre outros. O anúncio também contemplou governadores, ex-governadores, deputados, senadores, ex-parlamentares, ex-ministro especialistas em diversas áreas e lideranças indígenas.

Alckmin anunciou nomes para os grupos de Agricultura; Ciência; Comunicação; Desenvolvimento Agrário; Desenvolvimento Regional; Justiça e Segurança Pública; Meio Ambiente; Minas e Energia; Pesca; Povos Originários; Previdência Social; Relações Exteriores; Saúde; Trabalho; Transparência, Integridade e Controle; e Turismo.

Entre os escolhidos estão Kátia Abreu, Marina Silva, Helena Chagas, Manoela D'Avila, Hélio Doyle, Andre Janones, Tereza Cruvinel, Helder Barbalho e Randolfe Rodrigues, entre outros.

Lula, do PT, tomará posse como presidente em 1º de janeiro de 2023. Ele foi eleito com mais de 60 milhões de votos em uma disputa acirrada contra Bolsonaro, do PL, que tornou-se o primeiro presidente a perder uma reeleição desde a redemocratização.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião: