Integrante do “Bando do Magrelo”, organização rival do PCC, é preso pela polícia - Brasil
BRASIL

Integrante do “Bando do Magrelo”, organização rival do PCC, é preso pela polícia

Em abril, Nariz Torto foi denunciado pelo MPSP pelos crimes de organização criminosa e associação para o tráfico de drogas


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Um integrante do "Bando do Magrelo", organização criminosa rival do PCC (Primeiro Comando da Capital), foi localizado e preso preventivamente pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (19), em Umuarama, no Paraná.

Em abril, Rafael Freitas dos Santos — conhecido como "Nariz Torto" — foi denunciado pelo MPSP (Ministério Público de São Paulo) pelos crimes de organização criminosa e associação para o tráfico de drogas.

  
Integrante do “Bando do Magrelo”, organização rival do PCC, é preso pela polícia Reprodução
 
 
 

A organização criminosa surgiu há cerca de dois anos na cidade de Rio Claro, no interior de São Paulo, para fazer oposição ao PCC naquela região. O grupo era chefiado por Anderson Ricardo de Menezes, vulgo "Magrelo", que foi preso pela Polícia Militar em Borborema, em maio.

De acordo com as investigações, o Bando do Magrelo é conhecido pelo alto poder bélico. Em conversas de aplicativos de mensagens, a que o MPSP teve acesso, seus integrantes ostentavam armas de calibre restrito às Forças Armadas e a militares, quantias altas de dinheiro e drogas.

Em razão da disputa territorial com o PCC, o ano de 2022 terminou com um saldo de 33 assassinatos somente em Rio Claro. Segundo o Gaeco (Grupo de Atuação Especial e de Combate ao Crime Organizado) de Piracicaba, responsável pela investigação, os números são resultado de uma guerra bélica, com destaque para o uso expressivo de armas de grosso calibre, como fuzis.

Fonte: R7


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado