Policial que atuava como professor substituto quebra braço de aluno autista em escola - Brasil
INVESTIGAÇÃO

Policial que atuava como professor substituto quebra braço de aluno autista em escola

Segundo o boletim de ocorrência, o jovem estava em uma crise e o professor segurou ele com força


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Um adolescente autista teve o braço quebrado por um professor substituto enquanto estava em uma crise no Centro de Ensino Especial 1 do Guará, no Distrito Federal. Por conta da lesão, o aluno precisou passar por uma cirurgia para colocar pinos no braço. 

O adolescente é diagnosticado com autismo não verbal nível 3. No dia, ele estava agitado e não conseguia acalmar ele. O professor, que também é policial militar, teria se aproximado, segurando o jovem com força. O adolescente de 15 anos quebrou o braço em dois lugares e precisou passar por cirurgia. Segundo a Polícia Militar, a diretora da instituição disse que pediu para o professor parar de segurar o menino, mas ele não ouviu. 

A Secretaria de Estado de Educação (SEEDF), em nota, informou que o professor foi afastado e a conduta dele será investigada. O caso é investigado pela Polícia Civil e pela Corregedoria da SEEDF. 

  

Aluno autista tem braço quebrado por professor substituto em escola Reprodução

   

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado