Suspeito de compartilhar fotos de autópsia de Marília Mendonça tem prisão preventiva decretada - Brasil
BRASIL

Suspeito de compartilhar fotos de autópsia de Marília Mendonça tem prisão preventiva decretada

André Felipe Pereira foi preso no DF; nas redes sociais, ele também divulgou fotos do corpo de Cristiano Araújo e Gabriel Diniz


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Justiça do Distrito Federal converteu em preventiva a prisão do homem suspeito de compartilhar imagens de cantores famosos após a morte. A decisão foi anunciada em audiência de custódia.

André Felipe de Souza Alves Pereira, de 22 anos, foi preso em flagrante nesta segunda-feira (17) em Santa Maria, no DF, por compartilhar fotos da autópsia de artistas como Marília Mendonça, Cristiano Araújo e Gabriel Diniz. Em postagens nas redes sociais, o suspeito debochava das tragédias.

  

Suspeito de compartilhar fotos de autópsia de Marília Mendonça tem prisão preventiva decretada Reprodução
   

Na decisão, a juíza Edilma Martins da Silva Resende, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), disse que a conduta do autor retrata "extrema gravidade". “Foram localizadas publicações racistas e divulgação de imagens de pessoas mortas", afirmou.

Segundo a juíza, o suspeito também apresentou documento de identidade falso à polícia. "O fato é concretamente grave, e a prisão se mostra necessária", relatou.

Edilma afirmou ainda que as passagens do suspeito pelas Varas da Infância e da Juventude “corroboram a agressividade externada pelo indiciado, ao comprovar que já cumpriu medida socioeducativa pela prática de ato infracional análogo ao crime de homicídio".

O inquérito foi encaminhado para a 2ª Vara Criminal de Santa Maria, onde tramitará o processo.

Vazamento de fotos

Na semana passada, fotos do inquérito policial que investigou a morte da cantora Marília Mendonça foram vazadas e compartilhadas nas redes sociais. As imagens teriam sido obtidas de forma ilegal por Pereira e distribuídas de maneira indiscriminada na internet.

A cantora e quatro pessoas morreram em novembro de 2021, após um acidente aéreo em Minas Gerais. Além das de Marília, imagens dos cantores Cristiano Araújo e Gabriel Diniz, mortos em 2015 e 2019, respectivamente, foram divulgadas pelo suspeito.

Fonte: R7


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado