Clube de Leitura reforça importância dos livros no aprendizado de estudantes da zona sul de Teresina - Cidades
EDUCAÇÃO

Clube de Leitura reforça importância dos livros no aprendizado de estudantes da zona sul de Teresina

O projeto levou apresentações culturais de música, declamação de poesias de cordel, exposição de pinturas e teatro de fantoches


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) está levando às escolas o “Clube da leitura Saru”, projeto desenvolvido em parceria com a Universidade Estadual do Piauí (Uespi) tendo como foco divulgar, debater e incentivar o hábito da leitura entre os estudantes da rede estadual de educação.

Com o objetivo de superar os limites da sala de aula, considerando a importância de trabalhar leitura, escrita e arte, o Centro Estadual de Tempo Integral (Ceti) Padre Joaquim Nonato Gomes, localizado no bairro Bela Vista, em Teresina, realizou, nesta terça-feira (23), a culminância do projeto de leitura.

 
Clube de Leitura
Reprodução
 

O momento foi marcado por apresentações culturais de música, encenação teatral, declamação de poesias de cordel, exposição de pinturas em tela e teatro de fantoches, realizada pelos estudantes da escola.

Segundo o coordenador do Clube Literário Saru, Aluiso Castelo Branco, o projeto é planejado para ser desenvolvido semestralmente, dentro do calendário acadêmico da escola. “Já foram realizadas atividades como rodas de leitura, debates, pesquisas, palestras, produção de cordéis e pinturas em tela e visita à biblioteca do Sesc, de forma integrada entre os professores de Língua Portuguesa”, acrescenta o professor.

A aluna Eduarda Teixeira desenvolveu cordéis para serem expostos na culminância do projeto. Ela conta que recebeu todo o apoio e orientação dos professores e tem se sentido confiante com a escrita e leitura. “Esse projeto é de extrema importância para o nosso desenvolvimento enquanto alunos e cidadãos também. Além de desenvolver a nossa leitura, escrita e nosso aprendizado, ele desenvolve várias outras áreas, como a cultura, a arte, dentre outras”, enfatiza a estudante.

Já Maria Francisca Rodrigues apresentou uma encenação artística na culminância. Ela revela como tem sido sua experiência com o projeto. “Para mim esse projeto está sendo muito importante porque ajuda muito na leitura, na escrita e no aprendizado de palavras que não conhecíamos, além de contribuir para a nossa imaginação, pois enquanto estamos lendo ou interpretando, estamos usando a nossa imaginação”, disse a alunda do 8° ano do ensino fundamental.

 
O projeto é desenvolvido em parceria com a UESPI
Reprodução
 
De acordo com a professora de Língua Portuguesa da escola e uma das orientadoras do Clube Literário Saru, Francilene da Silva, o projeto inicialmente foi trabalhado para os alunos do 8° ano do ensino fundamental, mas a proposta é expandir para todos os alunos da escola. “Estivemos desenvolvendo esse projeto com os alunos do 8° ano e hoje é a culminância dele. Agora iremos expandir para as demais turmas para incentivar cada vez mais o hábito de leitura”, afirma a docente.

Estimular o protagonismo juvenil por meio de atividades de fomento à cultura (oficinas e saraus literários, etc) incentivando a leitura crítica e de entretenimento, a partir das obras do PNLD Literário e dos conteúdos curriculares baseados na BNCC e dos temas que versam sobre sustentabilidade, é uma das principais estratégias da Seduc para a educação.

“Nossa gestão tem como compromisso garantir que os nossos estudantes aprendam cada vez mais e melhor e, por isso, acreditamos e incentivamos todas as iniciativas que têm o poder de cativar e propagar a importância dos livros, por meio de conversas e trocas de experiências literárias”, afirma o secretário da Educação, Washington Bandeira.

O evento contou com a presença do gerente do Núcleo Gestor da Unidade de Gestão e Inspeção Escolar (Ugie), Sebastião Gomes Ferreira; da mediadora de leitura da Ugie, Carla Valéria; da bibliotecária da Seduc, Lauriana Medeiros; do gestor da escola, Antônio Filho; da bibliotecária da escola, Telma Mendes; professores e alunos.

Fonte: Governo do Estado do Piauí


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado