EMPREGOS

No Piauí, Sine vai criar plataforma para qualificação de pessoas que procuram por emprego

A plataforma deve oferecer cursos de qualificação com base nas necessidades das empresas


O Sistema Nacional de Emprego no Piauí (Sine) vai oferecer uma plataforma para qualificar pessoas que estão em busca de uma oportunidade para se inserir no mercado de trabalho. Além das vagas de emprego a proposta é que uma nova plataforma para qualificação de pessoas.

A inovação foi anunciada pelo superintendente de Trabalho, Renda e Inclusão Social do Sine, José Barros. Ele também adiantou que estão sendo analisadas a estrutura para a nova plataforma. 

  

Sine Piauí
Google Maps


“Estamos vendo toda a estrutura, a logística e as providências necessárias para que o Sine funcione cada vez melhor, para que depois a gente comece a trabalhar dentro das orientações da secretária Regina Sousa e do governador Rafael Fonteles, que é exatamente ofertar esses serviços aliados com a tecnologia”, afirmou o superintende. 

Ele também explicou que a ideia inicial é criar uma plataforma para qualificar as pessoas que buscam o Sistema Nacional de Empregos, e qualificar o público para quando for encaminhado para a vaga já esteja qualificado. 

“Quem faz a análise dos currículos é o sistema. Ele pega o currículo do candidato e verifica se está de acordo e encaminha para as empresas que estão precisando daquele profissional. Mas muitas vezes o próprio empresário que necessita do profissional ainda faz uma análise, uma avaliação com o mesmo. A ideia é que a gente qualifique todo esse público que busca o Sine, para que quando ele for encaminhando para as empresas, já vá qualificado e, assim, a gente gera uma plataforma onde vamos qualificando e inserimos lá. Qualificamos uma turma de pedreiros, uma turma de panificação, cadastramos na plataforma e, assim, quando o empresário precisar, ele já vai nesse banco de dados e vê se tem um profissional com um perfil que ele precisa”, disse.

Para ajudar com as ofertas de cursos na plataforma, uma equipe deve ficar a cargo de fazer visitas aos comércios e indústrias locais em busca de mais vagas de empregos e em descobrir as necessidades das empresas. O gestor espera que com a qualificação os profissionais se tornem mais atrativos para as empresas.

“Nós vamos colocar uma equipe para visitar os estabelecimentos para que a gente aumente esse leque de oferta de trabalho. Já que iremos qualificar, imaginamos que isso vai se tornar mais atrativo para as empresas. Nas visitas às empresas, nós vamos verificar qual é a necessidade deles e qual o perfil que precisam para que a gente possa ajustar e, assim, termos a oferta. Dessa forma, o Sine está ofertando vagas aos trabalhadores com a qualificação melhor”, concluiu José.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque