EM TERESINA

Obras de revitalização do Centro avançam e nova etapa deve ser entregue até sábado

A reforma facilitará a vida de todos que utilizam as vias do local


A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro, avança cada vez mais rápido nas obras de revitalização da região central da cidade. A equipe que executa a obra trabalha para entregar, até o próximo sábado (17), a parte de acessibilidade das reformas, como o nivelamento das calçadas e ruas no entorno da praça Rio Branco.

De acordo com o gerente de Obras, Danilo Iranildo, a reforma facilitará a vida de todos que utilizam as vias do local, idosos e cadeirante serão beneficiados e terão mais mobilidade, enquanto comerciantes não terão mais inconvenientes com questões de drenagem nos períodos chuvosos.

  

Mais uma parte da obra de revitalização do Centro será entregue neste sábado (17)
Rômulo Piauilino / Semcom
  

“Pretendemos entregar esta etapa até o próximo sábado. Ela se entende da rua Coelho Rodrigues à rua Areolino de Abreu, estão sendo realizados reparos na estrutura de drenagem, ajustes no nivelamento das calçadas, além da troca de calçamento. Tudo isso beneficias os pedestres que usam essas vias para chegarem em seus postos de trabalho e consumidores que procuram as lojas da região”, afirmou o gerente.

Para a empresária Poliana Duarte, que possui uma loja em frente a praça Rio Branco, a entrega da reforma é motivo de comemoração, pois, trará mais acessibilidade, valorização dos pontos comerciais, além de uma melhoria estética do local.

“É uma melhoria para a gente, esperamos que fique mais fácil o acesso às calçadas porque era desnivelado, nossa expectativa é que traga melhorias para os clientes que visitam nossas lojas. O Centro, de fato, precisava demais dessa revitalização, esse um sentimento geral de que tem negócios e trabalha por aqui, estamos ansiosos pela entrega desse serviço”, destacou a empresária.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião: