Receita libera nesta sexta-feira consulta ao segundo lote de restituição - Economia
IMPOSTO DE RENDA

Receita libera nesta sexta-feira consulta ao segundo lote de restituição

Crédito no valor total de R$ 8,5 bilhões será distribuído entre 5,7 milhões de contribuintes em 28 de junho


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Receita Federal libera nesta sexta-feira (21), a partir das 10h, a consulta ao segundo lote de restituição do IR (Imposto de Renda) 2024. Neste lote, que contempla 5.755.667 contribuintes, serão distribuídos créditos no valor total de R$ 8,5 bilhões ao longo do dia 28 de junho. A restituição do IR é uma devolução do valor do imposto pago a mais durante o ano-calendário.

Entre os contribuintes que vão receber o valor estão idosos a partir de 60 anos, pessoas com alguma deficiência física ou mental, trabalhadores que a fonte de renda seja o magistério e colaboradores que optaram por usar a Declaração Pré-preenchida ou por receber a restituição via Pix. O lote contempla também restituições residuais de exercícios anteriores. A Receita informou que entre os beneficiários, 252.738 não são prioritários.

  
Receita libera nesta sexta-feira consulta ao segundo lote de restituição Reprodução
 
 
 
Devido ao estado de calamidade no Rio Grande do Sul, os contribuintes do estado tiveram prioridade na formação do lote, informou a Receita. Apenas na região serão restituídas 330.736 declarações, incluindo exercícios anteriores. Do valor total, o montante destinado a esses contribuintes será de R$ 403.680.148,47.

O pagamento da restituição é realizado na conta bancária informada na declaração do Imposto de Renda, seja de forma direta ou por indicação de uma chave Pix. Se o crédito não for realizado, os valores ficarão disponíveis para resgate por até 1 ano no Banco do Brasil. Neste caso, o cidadão poderá reagendar o crédito dos valores pelo Portal BB ou na central de relacionamento do banco.

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de 1 ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”.

Como consultar?

Para consultar a restituição, o contribuinte deve acessar o site da Receita, clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”. A página terá orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo a consulta da situação da declaração. Caso tenha alguma pendência na declaração, o contribuinte pode retificar a declaração e corrigir as informações.

No aplicativo da Receita, os contribuintes também podem consultar as informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Veja as prioridades dos grupos:

• 140.360 idosos acima de 80 anos

• 1.024.071 contribuintes entre 60 e 79 anos

• 66.287 pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave

• 459.444 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério

• 3.812.767 contribuintes que não possuem prioridade legal, mas que receberam prioridade por terem utilizado a Declaração Pré-preenchida ou optado por receber a restituição via PIX

Fonte: R7


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Eleições nos Estados Unidos: você acha que Joe Biden tem condições de disputar a reeleição

ver resultado