Piauí bate recorde de emissão de Carteiras de Identidade Nacional no mês de maio - Geral
EMISSÃO DE CARTEIRAS

Piauí bate recorde de emissão de Carteiras de Identidade Nacional no mês de maio

Foram emitidas 65 mil CINs em todo o estado, um aumento de 74% comparado ao mesmo período do ano passado


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O Instituto de Identificação Digital Félix Pacheco (IIDFP) divulgou os dados referentes à emissão de Carteiras de Identidade Nacional (CIN) no mês de maio. Foram emitidas 65 mil CINs em todo o estado, um recorde no número de emissões. Comparado ao mesmo período do ano passado, quando foram emitidas 37 mil carteiras, houve um aumento significativo de 74% no número de emissões.

“Estamos expandindo os trabalhos do Instituto de Identificação. Contamos com cerca de 73 postos em funcionamento em todo o estado e estamos em constante expansão, sempre inaugurando novos, tanto no interior do Piauí quanto em Teresina. Essa expansão facilita o acesso das pessoas aos serviços, colocando o Piauí em destaque no cenário nacional e nos aproximando de nossa meta: em breve, ter 20% da população piauiense com a Carteira de Identidade Nacional. Ou seja, de cada cinco piauienses, um terá seu documento digital”, destacou o diretor do Instituto de Identificação Digital Félix Pacheco, Marcelo Mascarenha.

  

Piauí bate recorde de emissão de Carteiras de Identidade Nacional no mês de maio
Divulgação
  

Além do expressivo número de emissões, o estado implementou 9 novos postos de atendimento, expandindo a rede de serviços para a população. As ações sociais realizadas ao longo do mês também contribuíram para a emissão de cerca de 2.500 mil carteiras.

Com a inauguração de novos postos em São João do Piauí, Cajueiro da Praia, Conceição do Canindé, Domingos Mourão, Capitão Gervásio, Queimada Nova, Uruçuí, Riacho Frio e Guadalupe. O Instituto de Identificação agora está presente em 64 municípios.

A primeira via da Carteira de Identidade Nacional é emitida gratuitamente no Piauí. Para solicitar a CIN, é necessário apresentar CPF, certidão de nascimento e/ou casamento atualizadas com selo de verificação e número de matrícula, além de um comprovante de residência.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado