SOLENIDADE

Presidente do TJPI elenca diretrizes da gestão na abertura do ano judiciário 2023

Presidente também ratificou que sua gestão buscará criar alternativas inovadoras ao acesso à Justiça


Melhorar os números do Tribunal de Justiça (TJPI) junto ao CNJ e aparelhar o judiciário para que os serviços de justiça cheguem a toda sociedade. Foi firmando estes dois compromissos que o desembargador Hilo de Almeida Sousa abriu o ano judiciário 2023. A solenidade aconteceu nesta terça-feira (24), no Palácio da Justiça.

Em seu discurso, o presidente da Corte destacou que celeridade, inovação tecnológica, melhoria de estrutura física e de pessoal têm um único objetivo, que é servir às pessoas. Ele ainda ressaltou a importância de se garantir o respeito aos direitos individuais, coletivos e sociais.

  
Presidente do TJPI elenca diretrizes da gestão na abertura do ano judiciário 2023 Reprodução
 
 
 

“Mais uma vez, quero convocar cada um de vocês para unirmos esforços para trabalhar na construção de um Poder Judiciário realmente conectado com as pessoas. É esse o meu compromisso durante esses dois anos que estaremos à frente deste Tribunal. Expandir nossas fronteiras de diálogo é o que vai garantir a execução de um plano de gestão que está sendo construído a várias mãos. Ouvindo todos os setores deste Tribunal, com um único objetivo: oferecer instrumentos que permitam que o Tribunal de Justiça do Piauí possa continuar trilhando o caminho da evolução”, disse o presidente Hilo de Almeida Sousa.

O Presidente também ratificou que sua gestão buscará criar alternativas inovadoras ao acesso à Justiça de forma célere e eficaz.

  
Desembargador Hilo de Almeida Sousa Reprodução
 
 
 

“Entre nossos projetos, está o Justo Acesso, que prevê a implantação de Pontos de Acesso Digital à Justiça e à Cidadania por todo Estado, muito especialmente onde o Piauí não possui comarcas. Nosso objetivo é congregar num só lugar os mais diferentes tribunais, órgãos governamentais; especialmente os que atuam prestando serviços de cidadania, atuando em parceria para que as pessoas possam ser atendidas dentro das inúmeras possibilidades que a internet nos oferece”, assinalou.

Decano da Corte, o desembargador Raimundo Nonato da Costa Alencar parabenizou à nova diretoria e ressaltou o trabalho feito ao longo dos anos por magistrados e magistradas, servidores e servidoras que culminou com a recente conquista do Selo Prata. “O trabalho precisa ser sempre para que tenhamos uma justiça mais eficiente e célere como a sociedade merece”, disse, evidenciando o empenho de toda magistratura na manutenção do Estado Democrático de Direito.

  
Solenidade ocorreu nesta terça-feira (24) Reprodução
 
 
 

Para o presidente da OAB-PI, Celso Barros, a Ordem sempre será parceira do Tribunal na efetiva prestação da Justiça. “Como presidente da Ordem acompanhei de perto as últimas gestões e temos visto os avanços em construção dos fóruns, inovação tecnológica. Reafirmamos nosso desejo em ter nossas prerrogativas atendidas, bem como fazemos votos para que o Tribunal avance em outras áreas como celeridade processual, agregação de comarcas, questões cartorárias, dentre outras”, afirmou Celso Barros.

A solenidade ainda contou com a presença do Procurador Geral do Estado, Francisco Pierot Júnior, que representou o governador Rafael Fonteles, do deputado Henrique Pires, que representou o presidente da Alepi Franzé Silva; do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa; do Defensor Publico Geral, Erisvaldo Marques; demais representantes dos Poderes Executivo e Legislativo do Estado e do Município, além de magistrados e magistradas, servidores e servidoras do TJPI, além de integrantes classistas.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque