São João da Fronteira-PI declara situação de emergência após incêndio que dura mais de sete dias - Geral
INCÊNDIO

São João da Fronteira-PI declara situação de emergência após incêndio que dura mais de sete dias

O incêndio iniciou na segunda-feira (04) e vem causando destruição e matando animais silvestres na região


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Prefeitura de São João da Fronteira, no Piauí, declarou situação de emergência por conta do incêndio florestal que se alastra há uma semana na divisa entre Ibiapina e o município.

O incêndio iniciou na segunda-feira (04) e vem causando destruição e matando animais silvestres na região. De acordo com o decreto, o incêndio está atingindo diversas regiões do município, principalmente as regiões na zona rural: Pavuna, Cajueirinho, Pitombeira, Pacheco e Encruzilhada.

  

São João da Fronteira declara situação de emergência após incêndio que dura mais de sete dias
Reprodução
   

O decreto também informa que o incêndio vem causando diversos prejuízos e destruição da fauna, flora, a morte de vários animais e perda de plantações, que são a fonte de renda de diversas cidades. Com a situação de emergência, fica autorizado a adoção de medidas urgentes como a convocação de voluntários para reforçar as ações de resposta aos incêndios e a realização de campanhas assistenciais. 

Os órgãos do município também ficam autorizados a prestar assistência à população vítima dos incêndios, com o suporte especial da Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e Defesa Civil do Município.  O decreto tem vigência de 180 dias. 

O tenente Sávio, do Prevfogo, informou sobre as ações que estão em andamento para apagar o incêndio. 

“Estamos com duas frentes de fogo ativas ainda, uma na região Revedor do e uma na região da Pitombeira. na região da Pitombeira  combatemos até meio dia hoje e conseguimos controlar parcialmente pelo menos 70% do incêndio foi debelado. Na região do Revedor, ainda estamos com o incêndio também fora de controle, é uma região de difícil acesso, mas as equipes estão empenhadas e vamos controlar o mais rápido possível”, disse o tenente. 

A prefeitura de São João da Fonteira também informou que estão no local a A APA - (Área de Proteção Ambiental) da Unidade de Conservação Federal, gerida pelo ICMbio, junto uma equipe do Prevfogo de Quixeramobim composta por 14 homens, 7 Brigadistas de Domingos Mourão, brigadistas e voluntários da cidade e voluntários das regiões ribeirinhas

  

Decreto
Reprodução

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado