NO MARANHÃO

Timon registra dois assassinatos em menos de 12h; saiba quem são as vítimas

Um dos casos aconteceu quando uma das vítimas estava sentada na porta de casa


Uma onda de crimes atingiu a cidade de Timon, no Maranhão, nas últimas doze horas. Na tarde de quinta-feira (22) um homem identificado como Francisco Adriano Lima Silva, de 32 anos, conhecido como Mamãezona, foi morto a tiros na porta de casa, no bairro Parque Piauí. 

Já na madrugada desta sexta-feira (23) um morador de rua identificado como Valter Santos Ribeiro, 35 anos, foi morto a pauladas no Centro de Timon. O suspeito foi identificado e a polícia já faz diligências.

  

Mamãezona foi morto a tiros na tarde de quinta (22)
Reprodução
  

O primeiro crime aconteceu na tarde de quinta-feira (22) por volta das 17h50, na rua 14 do Parque Piauí, quando Adriano estava na porta de casa e foi surpreendido por um homem que estava junto a um comparsa em um carro Palio preto e conseguiu fugir do local do crime. 

Adriano havia sido sentenciado a 17 anos de prisão por ter matado um desafeto em 2012. Em 2013, Adriano foi preso e cumpriu nove anos de prisão até ser posto em prisão domiciliar com acompanhamento por tornozeleira eletrônica em abril deste ano.

Segundo o tenente-Coronel Sousa, comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar de Timon, a suspeita é que o assassinato teria sido cometido pelo irmão do homem que Mamãezona havia assassinado em 2012. 

''É uma das linhas de investigação. Ele estava preso, inclusive com tornozeleira, e a motivação segundo informaram os populares é que esse que causou o crime era irmão da vítima desse crime que ele havia cometido anteriormente. As informações dão conta é que possivelmente foi um acerto de contas. Ele se aproveitou de uma situação para executar o crime em que ele tivesse facilidade para fuga. Então a gente acredita que era uma coisa planejada'', afirma o tentente-coronel Sousa.

  

Valter Santos foi morto a pauladas e pedradas na manhã desta sexta (23)
Reprodução
  

O outro caso aconteceu horas depois na Avenida Jaime Rios, Centro de Timon, por volta das 4h da manhã desta sexta-feira (23). A vítima foi Valter Santos, morador de rua e dependente químico, que foi morto a pauladas e pedradas por um homem identificado como Magno da Costa Oliveira, 28 anos. 

O suspeito do crime foi preso pela polícia ainda no local. A namorada do morador de rua prestou depoimento. A polícia suspeita que a principal motivação do crime teria sido ciúmes. 

''Podemos constatar um pedaço de pau, de pedra e outros objetos que estavam lá inclusive com marcas de sangue. Segundo ela relatou (a namorada) foi uma causa passional, mas será investigado pela Polícia Civil. As informações é que todos os três viviam em situação de rua e dormiam por lá'', finaliza o comandante. 

Ambos os casos serão investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Timon, no Maranhão.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião: