Terremoto de 4,8 graus de magnitude atinge a região de Nova York, nos EUA - Mundo
SUSTO

Terremoto de 4,8 graus de magnitude atinge a região de Nova York, nos EUA

Epicentro do abalo sísmico desta sexta-feira ocorreu no distrito de Lebanon, em Nova Jersey, estado vizinho


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Um terremoto de magnitude 4,8 atingiu a região de Nova York, nos Estados Unidos, na manhã desta sexta-feira (5), informou o Serviço Geológico do país (USGS, na sigla em inglês). O epicentro do abalo sísmico ocorreu no distrito de Lebanon, em Nova Jersey, estado vizinho. 

A governadora do estado de Nova York, Kathy Hochul, manifestou-se no X e disse que a equipe dela "está avaliando impactos e eventuais danos que possam ter ocorrido e atualizaremos o público ao longo do dia".

  

Terremoto de 4,8 graus de magnitude atinge a região de Nova York, nos EUA CAMILA JULIOTTI/R7
   

O gabinete do prefeito de Nova York, Eric Adams, informou não haver relatos de "grandes impactos" na cidade até o momento.

A rede de TV ABC7 afirma que o Corpo de Bombeiros e a polícia local também não haviam recebido informações de danos causados pelo tremor.

O mapa em tempo real do USGS mostra que o terremoto foi sentido também em cidades no leste do estado da Pensilvânia, em uma pequena porção de Connecticut e em Long Island.

Um tremor de terra de magnitude 1,7 já havia atingido a região em janeiro, segundo o Serviço Geológico.

"Desde os tempos coloniais, as pessoas no corredor urbano Nova York - Filadélfia - Wilmington sentiram pequenos terremotos e sofreram danos causados por terremotos maiores e pouco frequentes. A cidade de Nova York foi danificada em 1737 e 1884. Terremotos moderadamente prejudiciais ocorrem em algum lugar do corredor urbano cerca de duas vezes por século, e terremotos menores são sentidos aproximadamente a cada 2-3 anos", diz o órgão.

Fonte: R7


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado