Corretora de imóveis denuncia empresário por agressões dentro de hotel no litoral do Piauí; VÍDEOS! - Polícia
FOI PRESO

Corretora de imóveis denuncia empresário por agressões dentro de hotel no litoral do Piauí; VÍDEOS!

A vítima denunciou que chegou a ser esganada, tendo lesões na cabeça e ombro, chegando até a desmaiar


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A corretora de imóveis Bruna Hemerly de Oliveira Freitas denunciou que foi vítima de agressões físicas por parte do empresário Ernandio Carvalho, dentro de um hotel em Barra Grande, no litoral do Piauí. O caso ocorreu neste final de semana. 

Em entrevista ao A10+, Bruna explicou que conheceu Ernandio Carvalho há cerca de um mês em um bar na zona Leste de Teresina e que saíram para jantar algumas vezes. No último final de semana, ele a chamou e ambos foram para Barra Grande.

  

Corretora denuncia empresário por agressões dentro de hotel no litoral do Piauí Imagens enviadas ao A10+

   

“Conheci o agressor há mais ou menos 1 mês. Nós saímos para jantar algumas vezes e ele me chamou pra passar um final de semana em Barra Grande. Chegamos no hotel às 17h, ele começou a beber e fumar maconha, ficou alterado e começou a me tratar mal. Eu gravei as conversas antes da agressão”, disse a corretora.

A reportagem obteve acesso a áudios e vídeos que mostram a conversa com Ernandio com um tom agressivo, além do boletim de ocorrência. Bruna relatou ainda à autoridade policial que chegou a ser esganada, tendo ainda lesões na cabeça e ombro, chegando até a desmaiar. 

  

Fotos enviadas a reportagem Reprodução

   

Um vídeo enviado para o A10+ mostra Bruna gravando as marcas das lesões no pescoço, além de fotos constando cabelos e uma unha arrancada.

Veja!

A vítima disse que após o episódio, Ernandio deitou na cama e dormiu. Durante à noite, ela ainda tentou chamar a polícia, mas sem sucesso. No dia seguinte, o proprietário do hotel soube das agressões e acionou a Polícia Militar, que prendeu o empresário ainda em flagrante. 

Além disso, Bruna Hemerly denunciou ainda que se sentiu coagida pelo advogado de Ernandio, identificado como Everaldo Sampaio, como consta no Boletim de Ocorrência. Em um vídeo gravado pela própria vítima, o profissional aparece tentando convencê-la a não levar a denúncia à frente. 

Assista!

Outro lado

O A10+ não conseguiu contato com a defesa do empresário e nem com o advogado. O espaço segue aberto para esclarecimentos através do email: [email protected] 

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado