“Poderia estar morta”, desabafa mais uma vítima de homem preso por perseguir ex em Teresina - Polícia
CRIME

“Poderia estar morta”, desabafa mais uma vítima de homem preso por perseguir ex em Teresina

Vítima relembrou a violência que sofreu após ter visto reportagem da prisão de Lucas Dias no A10+; veja relato


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Após reportagem do A10+ sobre a prisão de Lucas Dias Alencar, de 33 anos, por perseguir sua ex-companheira por não aceitar o fim da relação, mais uma vítima do investigado apareceu e se manifestou. O suspeito foi preso no bairro Mocambinho, zona Norte de Teresina, nessa quarta-feira (22). 

Ao A10+, a mulher, que preferiu manter sua identidade em sigilo, contou que há cinco anos teve um relacionamento de 3 meses com Lucas Dias e passou por algo parecido. Ela explica que se assustou ao ver a reportagem nas redes sociais do A10+ e diz ter relembrado os momentos de terror que passou. 

A vítima relatou que durante essa relação, o preso fazia uso de drogas e um certo dia, ele chegou em sua residência e pediu dinheiro. Diante da negativa da mulher, ele sacou uma faca e a ameaçou.

  

Homem é preso por descumprir medida protetiva ao perseguir ex em Teresina Divulgação

   

“Comecei a notar comportamentos diferentes. Ele usava drogas e um certo dia que ele usou, me pediu dinheiro para comprar mais, não sei. Neguei. Eu estava na minha casa e ele puxou uma faca para mim. Eu consegui me desvencilhar da faca e saí correndo, gritando no meio da rua. Meus vizinhos saíram e nessa época ele não foi preso. Chamei a polícia, fizeram rondas mas ele conseguiu fugir”, disse.

A partir daí, a mulher informou que pediu medida protetiva e nunca mais teve contato com o homem. A vítima disse que ficou com trauma e precisou procurar ajuda psicológica. 

“Confesso que revivi, me arrepiei [com a reportagem]. Fiquei traumatizada, tive que fazer tratamento psicológico. Na minha mente a todo momento eu poderia ver ele e ver uma faca no meu pescoço. Meu pensamento era que eu poderia estar morta, quando eu vi a foto dele foi como se tivesse revivendo o que passei. Veio aquela lembrança. Me solidarizo com essa mulher, não a conheço e é uma situação que também vivi”, finalizou. 

A prisão

De acordo com o delegado Tales Gomes, Lucas Dias Alencar foi preso porque teria descumprido medidas protetivas perseguindo a ex-companheira. As investigações apontaram que o suspeito não aceitava o fim da relação com a mulher e, desde então, passou a persegui-la. 

"O inquérito foi presidido pela Delegacia de Atendimento à Mulher do Centro que apurou Lucas perseguindo a ex-esposa por meio virtual e físico, tal como ir ao trabalho da vítima. Lucas não aceita o fim da relação e após relatos da vítima que as medidas protetivas não foram suficientes foi decretada a prisão", diz nota divulgada pela Polícia Civil. 

Diante do crime, o homem foi encaminhado à Central de Flagrantes de Teresina para os devidos procedimentos. Ele ficará à disposição da justiça. 

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado