Operação Draco 100 finaliza com mais de 60 membros de facções criminosas presos em Teresina - Polícia
AÇÃO

Operação Draco 100 finaliza com mais de 60 membros de facções criminosas presos em Teresina

O delegado Charles Pessoa explicou que a operação teve quatro fases, iniciada ainda no ano passado


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Polícia Civil do Piauí, através do Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), finalizou nesta segunda-feira (25), a última etapa da “Operação Draco 100”. A ação terminou com a prisão de 67 indivíduos suspeitos de envolvimento com facções criminosas, 152 mandados judiciais cumpridos e 85 buscas e apreensões em Teresina.  

Em entrevista à TV Antena 10, o delegado Charles Pessoa explicou que a operação teve quatro fases, iniciada ainda no ano passado. O ciclo se encerrou hoje, após 1 ano de criação do departamento. “Foram 67 membros de facções criminosas tirados do nosso convívio social. O Draco ele veio para combater essa criminalidade organizada, muito do fruto de todos que integram o nosso departamento, integrados com as outras unidades de todo o sistema de segurança pública”, ressaltou. 

 

Operação Draco 100 finaliza com 67 faccionados presos no Piauí
Divulgação

  

As investigações iniciaram após a prisão de um homem identificado apenas com Léo das Novinhas. "É uma operação que se iniciou uma investigação ainda no ano passado, quando nós prendemos um indivíduo o Leo das Novinhas e outros parceiros deles que foram presos em operações na sequência  com envolvimento direto com o Bonde dos 40 daquela região e participação de diversos homicídios", pontuou o delegado. 

O delegado destacou que hoje foi preso o irmão de um empresário, que foi morto na zona Norte de Teresina. Ambos teriam envolvimento com facção criminosa. "Um dos indivíduos que ia ser preso nessa manhã era um suposto empresário que tinha uma loja de celular na zona Norte, inclusive foi morto dentro da própria loja. Ele estava de posse de arma e foi não conseguiu reagir lá a agressão dos membros rivais de uma facção criminosa, inclusive o irmão dele foi preso na operação de hoje, então isso demonstra que ele tinha movimento com a criminalidade com a grande maioria dessas pessoas que morrem nesse contexto de disputa entre facções criminosas", completa Charles Pessoa. 

  

Coletiva de imprensa sobre a Draco 100
Divulgação

  

Expansão do serviço

O delegado explicou que após os primeiros 12 meses, Departamento está consolidado no monitoramento e combate às facções criminosas, podendo se expandir para outras regiões do Piauí. 

“Fizemos o estudo das facções criminosas em janeiro de 2023, nós deparamos com uma realidade e baseado nesse diagnóstico, nós elaboramos um planejamento voltado para os primeiros 12 meses, inclusive com metas. Concluímos um ciclo. Agora nós elaboramos outro diagnóstico, estamos aperfeiçoando nosso planejamento. O Draco é uma unidade madura, tem um raio-x das facções e dentro dos nosso objetivos está em estender as ações para outras regiões do nosso estado”, finaliza Charles Pessoa.

  

Operação Draco 100 em Teresina
TV ANTENA 10

   

Fonte: Portal A10+ com informações da PCPI


Dê sua opinião:

Fique conectado