Polícia conclui inquérito e indicia mãe e padrasto por morte de criança de 3 anos no Piauí - Polícia
CRIME

Polícia conclui inquérito e indicia mãe e padrasto por morte de criança de 3 anos no Piauí

Segundo a polícia, a menina sofria maus-tratos desde janeiro deste ano até abril, quando foi morta


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Polícia Civil concluiu o inquérito e indiciou M.K.N.DE O. e F.S.R, mãe e padrasto, pelos crimes de tortura e feminicídio qualificado, no contexto de  violência doméstica e familiar contra a criança Ana Karoline Gomes Nunes, de 3 anos. O crime aconteceu em abril deste ano em Esperantina, interior do Piauí. 

De acordo com a delegada Polyana Oliveira, titular da DEAMGV-Esperantina, a criança, desde quando foi morar na cidade de Esperantina, no início do ano de 2024, foi submetida a constantes episódios de tortura. “Além disso, ficou comprovado que no dia 14 de abril de 2024, M.K.N.DE O. e F.S.R., de forma cruel promoveram a morte da vítima, mediante o recurso da tortura”, disse.  

PC-PI conclui inquérito e indicia mãe e padrasto por morte de criança de 3 anos em Esperantina
Divulgação

   

A menina de apenas 3 anos deu no Hospital Estadual Dr. Júlio Hartman, em Esperantina, no dia 15 de abril,  com quadro convulsivo, manchas escuras pelo corpo e clavícula fraturada. Funcionários do hospital desconfiaram da situação e acionaram o Conselho Tutelar, que por sua vez, notificou as autoridades policiais. A mãe e o padrasto estão presos por maus-tratos desde abril deste ano.

Com a conclusão do inquérito policial, a delegada de polícia representou pela conversão das prisões temporárias dos indiciados em prisões preventivas. 

Menina de 3 anos, internada no HUT por suspeita de maus-tratos, tem morte encefálica confirmada
Reprodução

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

APÓS DESISTÊNCIA DE JOE BIDEN, VOCÊ ACREDITA QUE KAMALA TEM CHANCES DE DERROTAR TRUMP NOS EUA

ver resultado