Suspeito de tentar matar homem em troca de R$ 5 mil é preso no Piauí; comerciante seria mandante - Polícia
PRISÃO

Suspeito de tentar matar homem em troca de R$ 5 mil é preso no Piauí; comerciante seria mandante

À polícia, criminoso explicou que o comerciante estaria devendo R$ 55 mil à vítima, na compra de alguns imóveis


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Polícia Militar do Piauí realizou a prisão de um homem suspeito de uma tentativa de homicídio na localidade Aldeias, zona rural de Francisco Macedo, interior do Piauí, no domingo (24). O preso alegou que foi contratado por um comerciante que devia mais de R$ 50 mil para a vítima e que em troca receberia R$ 5 mil pelo crime.

O A10+ apurou que por volta das 03h30 da manhã, a vítima teria saído de sua residência ao ouvir latidos insistentes de seu cachorro. Ao abrir a porta, saindo no terreiro, o homem foi pego de surpresa pelo indivíduo, que estava de cócoras escondido na mata, ao redor da casa.

  

Crime ocorreu na madrugada deste domingo Reprodução
   

Em seguida, o autor realizou disparos e alvejou a vítima de raspão na cintura, fugindo em destino ignorado em seguida em uma moto. A PM foi acionada e deu início às diligências. No período da tarde, por volta das 15h30, uma denúncia anônima apontou que o suspeito estaria escondido em uma casa na cidade de Vila Nova do Piauí. 

Imediatamente, a guarnição de Francisco Macedo foi ao endereço apontado e localizou o indivíduo, que confessou que teria cometido um homicídio há 01 mês atrás na cidade de Araripina-PE, e ao ser questionado sobre a tentativa de homicídio ocorrido na cidade de Francisco Macedo, ele confirmou ser responsável pelo ocorrido. 

Além disso, ele informou também que a moto utilizada no crime estaria escondida na casa da sua irmã na cidade de Marcolândia. A equipe de serviço se deslocou até a cidade informada, onde realmente encontrou o veículo. Acerca da arma usada, o homem explicou que a entregou ao mandante, que seria um comerciante local, morador de Alegrete do Piauí. 

A vítima realizou o reconhecimento do suspeito, que ainda declinou para a equipe informações acerca do suposto mandante. Ele explicou que o comerciante estaria devendo R$ 55 mil à vítima, na compra de alguns imóveis. Na ocasião, o autor dos disparos, para comprovar a veracidade do seu depoimento, apresentou o próprio celular à equipe de serviço, mostrando as mensagens que trocava com o mandante do crime. 

Para ele foi oferecido uma espingarda calibre .12, um revólver .38 e a quantia de R$ 5 mil, caso ele matasse a vítima. Diante dos fatos, o celular e o veículo foram apreendidos a fim de  ficarem à disposição da justiça, juntamente com a vítima e autor do crime, que foram conduzidos até a delegacia Regional de Polícia Civil da cidade de Jaicós, para os devidos procedimentos cabíveis.

Fonte: Portal A10+ com informações da PMPI


Dê sua opinião:

Fique conectado