No Piauí, Lula assina autorização de investimentos com caneta que ganhou em 1989 - Política
POLÍTICA

No Piauí, Lula assina autorização de investimentos com caneta que ganhou em 1989

Durante a Caravana Federativa, o chefe do executivo federal se emocionou ao contar mais uma vez a história de como recebeu o objeto


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Durante o encerramento da Caravana Federativa nesta sexta-feira (21), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou as autorizações para a cessão de territórios e investimentos para o Piauí. Em gesto simbólico, os decretos de autorizações foram assinados com a caneta Montblanc usada no dia da posse, que, segundo ele, foi entregue em 1989 por um apoiador.

O presidente se emocionou ao relembrar a emblemática história da entrega da caneta. O objeto foi dado a Luiz Inácio durante um comício em Teresina por um militante do Partido dos Trabalhadores, Fernando Menezes. O assunto veio à tona durante a posse do presidente em janeiro de 2023.

  

Lula assina decreto com caneta que ganhou de piauiense em Teresina no ano de 1989 Reprodução

   

“Essa caneta ela foi me dada de presente em um comício na campanha de 1989. Um comício que nós fizemos não sei em que praça, embaixo de uma árvore e depois a gente foi fazer uma caminhada até a igreja São Benedito. Eu estava falando com um companheiro, me abordou e falou: ‘Lula, eu vou lhe dar essa caneta para você tomar posse’. Eu na época não conhecia de caneta, não era muito chegado a caneta, eu não dei nem importância a qualidade da caneta. É uma caneta totalmente diferenciada. Acontece que eu não ganhei em 89, 94 e nem 98. Quando eu ganhei em 2002 fui tomar posse, mas eu não sabia onde estava a minha caneta. Assinei com o presidente do Senado, que me emprestou uma. Em 2006, eu também não sabia onde estava a caneta e assinei com outra", relembrou.

Lula relatou que após casar com Janja, eles mudaram de apartamento e o presidente - mesmo anos depois - conseguiu encontrar a caneta que, segundo ele, estava nas gavetas. 

"Saí da presidência, voltei, e quando eu casei com a Janja, eu fui mudar de apartamento e fui mexer na minha casa, fui mexer nas gavetas. Aí eu fui procurar e achei a minha caneta. Eu estava no hotel agora e falei leva a minha caneta, que eu vou assinar o decreto com a caneta que eu ganhei no Estado do Piauí em 1989. É engraçado que depois de tantos anos, a carga dela estava funcionando. Isso aqui tem muito mais valor, companheiro”, completou. 

Durante evento, o chefe do executivo federal assinou o decreto que autoriza investimentos nas áreas portuária e de transformação digital, entre elas, a cessão do terreno do porto de Luís Correia, a construção da Fiocruz do Sertão em Teresina, polo de Inovação do IFPI e a construção de novas residências através do Minha Casa, Minha Vida.


Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Eleições nos Estados Unidos: você acha que Joe Biden tem condições de disputar a reeleição

ver resultado