Sancionadas leis que criam o Sistema de Incentivo ao Esporte do Piauí e o novo Bolsa Atleta - A10+ Esportes
A10+ Esportes
NO PIAUÍ

Sancionadas leis que criam o Sistema de Incentivo ao Esporte do Piauí e o novo Bolsa Atleta

As novas leis também criam o Fundo de Incentivo ao Esporte do Piauí (Fundesporte)


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O governador Rafael Fonteles sancionou nesta semana a Lei 8.042/2023, que cria o Sistema de Incentivo Estadual ao Esporte do Piauí – Siespi; e o Fundo de Incentivo ao Esporte do Piauí – Fundesporte, assim como a Lei nº 8.041/2023, que extinguiu o antigo Bolsa Atleta e criou um novo programa Bolsa Atleta Piauí, com aumento do número de bolsas e do valor para os beneficiados.

O Siespi assim como o Fundesprorte serão executados a partir de benefícios fiscais na área do ICMS, principal imposto estadual. Com a medida legislativa, pessoas físicas e jurídicas poderão deduzir impostos para destinar os recursos a projetos esportivos em todo o Piauí. A previsão é que o projeto destine cerca de R$ 6 milhões ao esporte do estado.

Sancionadas leis que criam o Sistema de Incentivo ao Esporte do Piauí e o novo Bolsa Atleta Reprodução
 
 
 

Os projetos inscritos serão avaliados por um conselho deliberativo formado por representantes do Governo do Estado, de entidades da sociedade civil e de federações esportivas. As empresas interessadas a serem mecenas de projetos esportivos aprovados pelo conselho deliberativo do Siespi poderão deduzir até 100% do valor devido de ICMS, a depender da aprovação da Secretaria Estadual de Fazenda.

O sistema tem o objetivo de estimular e desenvolver as práticas desportivas e paradesportivas do Estado do Piauí, como forma de investimento nas seguintes áreas: patrocínio a projetos de desporto e paradesporto para entidades afins; patrocínio de eventos esportivos; patrocínio ao esporte amador e profissional; construções de equipamentos esportivos públicos ou de entidades sem fins lucrativos; reformas de equipamentos esportivos públicos ou de entidades sem fins lucrativos; manutenção e aquisição de equipamentos esportivos públicos ou de entidades sem fins lucrativos; formação e capacitação de atletas, técnico e outros profissionais do esporte; despesa com passagens áreas ou terrestres para participação em competições regionais, nacionais e internacionais para atleta ou equipe do esporte profissional ou amador.

Já o novo Programa Bolsa Atleta Piauí tem o objetivo de conceder bolsas às pessoas praticantes e treinadores de esportes de rendimento, visando valorizar e beneficiar atletas e técnicos representantes do estado do Piauí em competições internacionais, nacionais, regionais, estaduais e municipais, prioritariamente, em modalidades olímpicas e paraolímpicas reconhecidas pelo Comitê Olímpico Brasileiro ou pelo Comitê Paraolímpico Brasileiro, sem prejuízo análise e deliberação das demais modalidades reconhecidas pelo Ministério do Esporte. O programa é dividido nas modalidades talento individual, talento coletivo e treinador.

Confira o decreto que criaram as duas novas leis clicando aqui

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Portal A10+

Portal A10+

Análises, cobertura e tudo sobre o esporte local e nacional!

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

APÓS DESISTÊNCIA DE JOE BIDEN, VOCÊ ACREDITA QUE KAMALA TEM CHANCES DE DERROTAR TRUMP NOS EUA

ver resultado