Marcos Vitor, condenado por estuprar crianças, é extraditado para cumprir pena no Piauí - Geral
INVESTIGAÇÃO

Marcos Vitor, condenado por estuprar crianças, é extraditado para cumprir pena no Piauí

O estuprador foi preso em janeiro deste ano na cidade de Mar del Plata, na Argentina


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O ex-estudante de medicina Marcos Vitor Aguiar Dantas, 23 anos, condenado a mais de 33 anos por estuprar duas crianças [a irmã e uma prima] foi extraditado para cumprir a pena no Piauí. A informação foi confirmada ao A10+ pela Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI). O estuprador foi preso em janeiro deste ano na cidade de Mar del Plata, na Argentina, após ficar mais de um ano foragido.

O processo de extradição é conduzido pela Polícia Federal após a comunicação entre autoridades brasileiras e argentinas. O A10+ apurou com uma fonte da Polícia Civil que o ex-estudante deverá chegar a Teresina nos próximos dias e será encaminhado ao sistema prisional onde cumprirá a pena em regime fechado.

  

Marcos Vitor, condenado por estuprar crianças, é extraditado para cumprir pena no Piauí
Reprodução

   

Durante pouco mais de um ano, a Polícia Civil do Piauí vinha realizando diligências de forma contínua com objetivo de cumprir o mandado de prisão expedido pelo Poder Judiciário. Marcos Vitor foi preso em frente a um shopping bastante conhecido na Argentina e, segundo a polícia, não reagiu à prisão. Ele usava identidade falsa no país.

Conforme investigações, Marcos é acusado de abusar sexualmente de duas irmãs, uma de 3 e a outra de 9 anos. A denúncia contra o estudante foi feita por uma advogada que afirmou que a filha dela é uma das vítimas do estudante de medicina.

Marcos Vitor estava foragido desde que as denúncias vieram a público quando a família das meninas expôs o caso nas redes sociais. De acordo com o relato das vítimas, o estudante se aproveitava do relacionamento em família para abusar das meninas, entre elas sua irmã de 3 anos de idade.

O ex-estudante foi condenado a 33 anos, oito meses e sete dias de prisão em regime fechado pelo estupro de duas meninas, uma delas sua irmã. A decisão foi proferida pelo juiz Raimundo Holland Moura de Queiroz. 

Pelo estupro da irmã, Marcos foi condenado a 23 anos e quatro meses e pelo estupro da prima a condenação foi de 10 anos, quatro meses e sete dias. Ele foi absolvido de uma terceira denúncia de estupro também contra uma prima.


“Melhor sensação que tive na vida”, diz mãe de vítima sobre prisão do estuprador Marcos Vitor

A mãe de uma das vítimas do ex-estudante de medicina, Marcos Vitor Aguiar, contou ao A10+ que teve a melhor sensação de sua vida após acordar com a notícia de que o estuprador foi preso após 1 ano e meio de buscas realizadas pela polícia. Foragido há um ano e três meses, Marcos foi preso na cidade de Mar del Plata, na Argentina, na tarde de quarta-feira (18).

  

Foragido da justiça do Piauí, ex-estudante de medicina já havia sido condenado há mais de 33 anos de prisão Reprodução
   

O jovem usava a identidade falsa de Pedro Saldanha e estava com cabelos longos e barba mais robusta. Ele foi preso em frente a um shopping no país vizinho. Mesmo foragido, Marcos Vitor foi condenado a mais de 33 anos, oito meses e sete dias por estuprar a irmã de 9 anos e uma prima, de 12 anos. No processo, ele também foi denunciado por estuprar também outra irmã de 3 anos, mas neste caso ele foi inocentado.

Para a família de uma das vítimas a sensação é de alívio, principalmente porque alguns parentes não tinham mais esperança de que Marcos seria encontrado e preso pela polícia.

"A justiça é uma sensação ambígua. Só sei que estou feliz, porque ele vai cumprir a pena que recebeu pelos abusos que cometeu. Na verdade acho que é a melhor sensação que já tive na vida. Por tudo que passamos nesse último ano. Agradeço demais vocês, todas as mães e todos os pais que publicaram, que falaram, que decidiram em sua luta encontrar esse monstro e a polícia que não desistiu mesmo quando não havia mais esperança", disse a mãe ao A10+ e TV Antena 10.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado