Comandante da PM-PI comenta preparativos para eleições e nomeações para turma do curso de formação - Polícia
ENTREVISTA

Comandante da PM-PI comenta preparativos para eleições e nomeações para turma do curso de formação

O coronel Scheiwann Lopes, concedeu entrevista nesta quarta-feira (19) ao Bancada Piauí, da TV Antena 10


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O Comandante-Geral da Polícia Militar do Piauí, coronel Scheiwann Lopes, concedeu entrevista nesta quarta-feira (19) ao Bancada Piauí, da TV Antena 10. Na ocasião, o comandante comentou sobre os preparativos para a segurança nas eleições, possíveis nomeações para uma nova turma do Curso de Formação de Soldados e a segurança no Centro de Teresina, pauta levantada nos últimos dias por empresários, lojistas, moradores do centro e pessoas do movimento social.

Quanto a segurança para o pleito municipal deste ano, Scheiwann Lopes adiantou que houve uma reunião preliminar entre as forças municipais, estaduais e federais com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Piauí para a montagem do esquema. Nela, o Secretário de Segurança Chico Lucas sinalizou que de fato o Estado tem condições de colocar o planejamento em prática só com as polícias do Piauí. Porém, para o coronel, toda ajuda é bem vinda.

 
Comandante-Geral da Polícia Militar do Piauí, coronel Scheiwann Lopes Anna Couto/ Portal A10+
 

Ele destacou que a tropa está capacitada e que haverá ainda reforço das orientações para as peculiaridades para os crimes eleitorais.

“Nós tivemos uma reunião preliminar com o TRE, com as demais forças de seguranças estaduais, federais e por conta do esforço do nosso governador, com o incremento demais de dois mil homens e mulheres, entre a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil, o secretário sinalizou que de fato temos condições de fazer a segurança. Mas claro, toda ajuda é bem vinda. Caso necessite e o TRE entenda em oficiar as forças armadas, será muito bem vinda. Nas eleições passadas entramos com cerca de 5 mil homens da PM. Somado a PRF, PF, as forças armadas que entraram com cerca de 400 homens com seu reforço; as guardas municipais e o Corpo de Bombeiros, deu um total de 5.500 homens e mulheres. Estamos nos preparando, só a Polícia Militar, para 5.500 homens para serem empregados nas eleições”, destaca. 

Novas nomeações

Uma das pautas levantadas na entrevista foi acerca da possibilidade de uma nova turma do Curso de Formação de Soldados (CFSD). De acordo com o Comandante-Geral, a previsão é que realmente haja uma nova turma com 500 novos alunos até o fim do ano. 

“Quero agradecer à Assembleia Legislativa, independente de oposição ou não, que votou. O governador mandou uma lei, mensagem de forma célere,  aquela casa do povo votou e eu agradeço; pode-se chamar mais 500. De certo é que 1700 redações estão sendo corrigidas, dessas 1700, há uma previsão de até o final do ano ter 1000 selecionados que ficarão à disposição do governador para o chamamento para o Curso de Formação de Soldados, que ao final eles são incorporados às fileiras da corporação através do ato de posse. Então o governador sinalizou os 500. Se confirmando, até o final do ano o número desses candidatos selecionados, o governador já nos autorizou a fazer o chamamento para o curso de formação. Pretendemos formar em algo torno de 6 meses. Previsão para iniciar ao fim desse ano, que irá se estender até o ano que vem”, pontua Scheiwann.

Segurança no Centro da cidade

Nesta semana, empresários, lojistas, moradores do centro e pessoas do movimento social e artístico se reuniram para viabilizar a criação do movimento “S.O.S Centro”, com o objetivo de discutir e evitar um maior esvaziamento da região. Os envolvidos relatam problemas, dentre eles e mais pertinente, a segurança. Para Scheiwann Lopes, essa é uma demanda complexa e que deve ser feita por muitas mãos.

  

Centro de Teresina
Anna Paula Couto/ A10+

   

Nisso, o coronel revelou dados policiais com um recorte para o Centro de Teresina do semestre, que comparado ao mesmo período do ano passado, houve a redução de diversos índices de criminalidade, como roubo de veículos, crimes contra o patrimônio, furtos e dentre outros. Ele também chamou a atenção para a questão social. 

"O centro, lamentavelmente, ao longos dos anos e isso é fato, é bandeira de campanhas eleitorais dessa palavra de ordem que é a revitalização do Centro de Teresina. Lamentavelmente o que nós vemos é o esvaziamento no Centro e isso colabora para o aumento da criminalidade. Mas se a gente for parar para falar de números, eu trabalho com ciência policial, com a estatística e dados, no centro da cidade, do dia 1º de janeiro desse ano ao dia 15 de junho agora, em relação ao ano passado, nós tivemos uma redução de quase 20% no número de ocorrências no centro. Tivemos a redução de 60% no número do roubo de veículos; 55% dos crimes contra o patrimônio; redução de 37% no número de furtos; uma redução de 30% no número de homicídios e tivemos um aumento de apreensão de drogas na casa de 71%, além de um aumento de 20% no número de prisões e um aumento de 215% no número de TCO’s, eles que sim, combatendo ele, que diminuem a criminalidade, pois fomentam outros crimes. Estamos trabalhando cada vez mais para a prevenção”, afirmou.

O Comandante-Geral também pontuou que o número de imóveis fechados ou abandonados contribuem para os crimes nesta região. 

“Essa evasão de pessoas do centro para outras zonas de Teresina ocasiona possibilidades. Veja que em um quarteirão, há vários imóveis fechados ou abandonados. Nós temos catalogados pelos bombeiros e a PM, mais de 400 imóveis abandonados e fechados. Às vezes um lojista funciona em um quarteirão que está rodeado de imóveis fechados ou abandonados. Essas pessoas na madrugada adentram nesses imóveis e vão fazer buracos na loja pela parede e furtam objetos para a troca de drogas. É uma demanda complexa que deve ser feita a muitas mãos. Temos que ver a união de esforços e a divisão de responsabilidades”, completa

189 anos da PMPI

A Polícia Militar do Piauí realiza, neste mês de junho, diversas atividades e eventos alusivos ao aniversário de 189 anos da corporação, celebrado no próximo dia 25. Entre solenidade Cívico Militar, pedalada operacional, corrida de rua, apresentações do Corpo Musical e torneios internos de tiro e futebol, a PM-PI comemora mais um ano de serviço à sociedade piauiense.

“Começamos com o corridão no domingo, começamos ontem o torneio de futebol; na sexta-feira teremos a apresentação do nosso Corpo Musical no Teatro 4 de Setembro, às 19 horas, entrada gratuita. Convido a todos. Nosso Corpo Musical está fazendo 149 anos. No sábado, teremos torneio de tiro na sede do Bope, no domingo teremos a pedalada operacional, na segunda teremos nossa celebração ecumênica na paróquia São Sebastião e na terça-feira, às 19 horas, ali no pátio externo, com a nossa grande bandeira do Piauí, teremos a solenidade cívico-militar de 189 anos de grandes, importantes e relevantes serviços prestados. Teremos a promoção de oficiais e praças, mais de 700 promoções e também a condecoração de personalidades e colaboradores com a medalha do mérito da Polícia Militar”, finaliza.

  

Polícia Militar anuncia série de eventos em alusão ao aniversário de 189 anos da corporação no Piauí
Divulgação

   

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Eleições nos Estados Unidos: você acha que Joe Biden tem condições de disputar a reeleição

ver resultado