Empreendedorismo e inovação
NOVO ARTIGO

Marco Polo e a cidade do céu

A riqueza explicava o caráter pacífico destes homens que não tinham nenhuma arma em casa


Kinski era seu nome, localizado ao sul de Xangai ao fundo do golfo. Uma cidade maravilhosa com grandes números de riachos e lagos. Marco Polo afirma que não existiam menos de doze mil pontes, era algo impressionante contemplá-las pois os seus arcos eram tão altos que as embarcações podiam passar por baixo enquanto as carruagens passavam por cima.

Lá existiam mercados enormes onde Marco assistiu a uma reunião com cinquenta mil pessoas, a pesca fazia-se a partir do mar e todos os dias chegava peixe fresco. As casas eram altas e tinha muitas casas de banho, mostrando que as pessoas eram muito limpas, pois por nada se sentavam à mesa sem se terem lavado.

A riqueza explicava o caráter pacífico destes homens que não tinham nenhuma arma em casa. Seu prazer era o lago onde era comemorado todas as festas durante o ano. Reunia-se todos nas embarcações, onde comiam, bebiam e dançavam à vontade até o anoitecer. Mostrando com isso ser um povo bastante alegre.

Como interpretar essa passagem para os dias de hoje em nossas empresas! Temos aí indicadores observados, como interpretação de uma situação pacífica e harmoniosa. Devemos procurar indicadores em nossas empresas que devam interpretar bem a realidade situacional, para que possamos com isso no caso de um desvio poder corrigi-lo a tempo de evitar maiores danos.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião: