"Estão felizes fazendo poses no Instagram", desabafa pai de Tainah Luz sobre suspeitas do crime - Geral
CRIME

"Estão felizes fazendo poses no Instagram", desabafa pai de Tainah Luz sobre suspeitas do crime

Jornalista Marcelo Rocha segue pedindo justiça pela morte da filha


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

No dia 16 de agosto, a morte da analista judiciária Tainah Luz, 27 anos, completará três meses. Até o momento, o caso segue em investigação pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). Ainda esperando por respostas, o jornalista Marcelo Rocha, pai de Tainah, fez uma publicação nas redes sociais ironizando o fato das suspeitas do crime, Geovana Thais Veira da Silva de 19 anos e Fernanda Ayres, ex de Tainah, estarem "felizes fazendo poses no Instagram".

Caso Tainah: pai protesta sobre liberdade de suspeitas
reprodução / redes sociais

   

"Enquanto Tainah está morta, Fernanda e Geovana, suspeita de terem assassinado minha filha, estão felizes fazendo poses no Instagram. E vamos beber e ameaçar as pessoas, moças", escreveu o jornalista nas redes sociais. 

De acordo com a polícia, Tainah levou mais de dez golpes de faca após um desentendimento entre Tainah e Fernanda. A defesa da suspeita alegou que um beijo teria motivado briga que resultou na morte de Tainah.

Geovana Thais Veira da Silva de 19 anos é a principal suspeita de ter assassinado Tainah, ela era atual namorada de Fernanda Ayres, ex de Tainah, entretanto ela alega legitima defesa, à polícia ela revelou que desferiu as facadas para defender Fernanda de ataques de Tainah. Geovana chegou a ser presa, mas foi solta através de audiência de custódia, pois no dia Tainah estava internada e o crime até então era de lesão corporal.

No final de junho, a delegada Nathalia Figueiredo, responsável pela investigação, pediu prorrogação no inquérito devido a demora na entrega da perícia do local do crime.

Em maio deste ano, durante entrevista à TV Antena 10, Marcelo Rocha questionou a versão apresentada pela defesa de Geovana Thais de que sua filha teria sido morta em 'legítima defesa'. Um laudo pericial apontou que a vítima foi assassinada com 13 golpes de faca.

  
Tainah Luz foi morta de forma brutal a facadas
Reprodução Redes Sociais
 
 
 

Na avaliação dele, o crime não possui características de legítima defesa. "A família tá muito sentida, as pessoas estão chateadas. A defesa alega agora legítima defesa. 13 facadas? É uma senhora defesa [sic]. Eu imagino como seria se Geovana e Fernanda estivessem atacando minha filha. Se pra se defenderem, elas conseguiram perfurar minha filha 13 vezes, imagina como seria se elas ou uma delas, faria se fosse atacar Tainah", desabafou.

Marcelo Rocha citou o comportamento de Tainah e citou que Fernanda [ex da analista] seria problemática. Ao longo da entrevista, o jornalista relembrou fatos que ocorreram envolvendo a ex de Tainah. O jornalista afirmou que Tainah e Fernanda namoraram na adolescência, mas não soube informar por quanto tempo.

Matérias relacionadas

Caso Tainah Luz: família teme impunidade e cobra respostas sobre inquérito

“Legítima defesa com 13 facadas?”, questiona jornalista Marcelo Rocha sobre morte da filha

Filha do jornalista Marcelo Rocha é esfaqueada e morre no HUT; polícia investiga motivação

Defesa diz que beijo teria motivado briga que resultou na morte de filha de jornalista em Teresina

DHPP pede prorrogação de inquérito que investiga morte de Tainah Luz

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado