Sine disponibiliza mais de 400 vagas de emprego nesta semana em Teresina - Geral
OPORTUNIDADE

Sine disponibiliza mais de 400 vagas de emprego nesta semana em Teresina

Quadro contempla pessoas com deficiência além de vagas com ampla concorrência


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O Sistema Nacional de Empregos (Sine) divulgou nesta terça-feira (12) o novo quadro de vagas de emprego no Piauí. Ao todo, são 223 vagas para ampla concorrência e 180 vagas destinadas para pessoas com deficiência. Os interessados devem ter cadastro no Sine para se credenciar a vaga. 

Para as vagas destinadas a ampla concorrência, o cargo com maior número balconista (28), com exigência de ensino médio completo e experiência de 6 meses e operador de caixa (20) com ensino médio completo, exigência de 6 meses e carteira de trabalho. 

  

Sine disponibiliza mais de 400 vagas de emprego nesta semana em Teresina
Reprodução
   

Nas vagas destinadas à pessoas com deficiência, as vagas para vigilante (22) com exigência de ensino fundamental completo e operador de caixa (20) com exigência de ensino médio completo, 6 meses de experiência e carteira de trabalho.

Quem não tem cadastro no Sine pode agendar atendimento no site www.sine.pi.gov.br. Os documentos necessários para o cadastro são: carteira de Trabalho e Previdência Social/ CTPS (física ou a digital), RG/Carteira de Identidade, CPF/Cadastro de Pessoa Física, PIS ou PASEP, comprovante de escolaridade (Certificado ou Declaração da Escola), comprovante de residência/ moradia, carteira de habilitação (Se dirigir moto ou veículo), certificados de cursos de qualificação profissional (se possuir).

O posto central do Sine em Teresina é na Avenida Joaquim Ribeiro, 835, Centro. Mas há postos do Sine em Teresina no Shopping Poty, Dirceu Arcoverde e Parque Piauí.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado