NO PIAUÍ

Suspeito de matar ex-namorada na frente do filho, em Valença, responde por homicídio

Rogério Quirino fugiu após o crime e ainda não foi localizado; caso ocorreu na noite de sexta (09)


Rogério Quirino, 33 anos, suspeito de matar a ex-namorada Emily Hellen Alves de Moura, 16 anos, responde por um homicídio praticado em 2019 na localidade Brejinho, zona Rural do município de Novo Oriente do Piauí. O crime ocorreu na noite dessa sexta-feira (09) em Valença do Piauí.

De acordo com a PM, Rogério matou um homem com golpes de faca após uma discussão numa festa. Ele também tem passagens pela polícia.

  

Suspeito de matar ex-namorada na frente do filho, em Valença, responde por homicídio
Reprodução

  

Ao A10+, major Antônio Santos Neto, comandante do 23º Batalhão da Polícia Militar informou que o suspeito chegou à residência da mãe de Emily a pretexto de ver o filho do casal, um bebê de cinco meses. No local, houve uma discussão e, conforme a polícia, Rogério efetuou pelo menos dois disparos de arma de fogo contra a adolescente.

Familiares informaram à polícia que Emily estava deitada em uma rede quando Rogério Quirino, com que a vítima tem um filho, chegou no local. Ambos ficaram conversando sentados no sofá da sala de estar, com a presença do filho de ambos, enquanto sua mãe e seu padrasto estavam no quarto e sua avó estava na cozinha ao lado.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito e a adolescente começaram a discutir e em poucos instantes depois os familiares ouviram disparos de arma de fogo. A vítima, ainda baleada, correu, entrou no quarto de sua mãe e caiu sem vida.

  

A vítima foi morta a tiros na frente do filho em Valença do Piauí
Reprodução

  

A PM informou ainda ao A10+ que na residência foram verificadas marcas de pelo menos três disparos na parede da sala de refeições. Após o crime, Rogério saiu correndo de dentro da casa, momento em que o padrasto de Emily ainda tentou conter o suspeita, porém, sem sucesso. Ele fugiu e ainda não foi localizado.

A adolescente foi atingida com pelo menos dois tiros na região do peito. A suspeita da polícia é que o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a vítima. Na região, moradores e familiares lamentaram o caso e pediram justiça.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião: