Após ser solto pela justiça, PM suspeito de furto de energia comemora aumento de seguidores - Justiça
NO PIAUÍ

Após ser solto pela justiça, PM suspeito de furto de energia comemora aumento de seguidores

Christhofer Leonel Pio foi preso após, segundo a polícia, realizar "gato" de energia no condomínio onde mora


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

“Se tem alguém que consegue fazer de um limão uma limonada, esse sou eu. Mesmo diante diante de uma falha, a família cresceu", descreveu o policial militar do Maranhão, Christhofer Leonel Pio Santos, após ter sido solto pela justiça em audiência de custódia nesta quarta-feira (29). O militar que também é influencer e DJ foi preso sob suspeita de realizar “gato” de energia e água no condomínio que mora na zona Leste de Teresina.

Em rede social, Christhofer Leonel agradeceu aos mais de 1 mil seguidores que ganhou desde a divulgação do caso. Quando foi preso, o militar contava com mais de 55 mil seguidores no Instagram. Atualmente ele conta com mais de 56 mil. O influencer também agradeceu as mensagens de carinho e classificou a exposição de sua prisão como um "circo".  

PM influencer suspeito de fazer gato de energia é solto pela justiça em Teresina
Reprodução

   

“Tudo de ruim que acontece na vida da gente, é pra melhorar. Não é esse circo que foi criado em cima da minha imagem que vai me derrubar. Tô bem e já já apareço. Tenho nem palavras pra agradecer a chuva de mensagens carinhosas e de apoio que venho recebendo…. Obrigado”, escreveu. 

Após ser solto pela justiça, PM suspeito de furto de energia comemora aumento de seguidores
Reprodução


Mesmo solto, o militar cumprirá algumas medidas cautelares, entre elas, o comparecimento a todos os atos, sempre que intimado; não poderá deixar a comarca, sem prévia autorização do Juízo; está proibido de frequentar bares, restaurantes, casas de diversão e estabelecimentos congêneres; ele também deverá cumprir o recolhimento domiciliar no período noturno, a partir das 22s até 6h da manhã, sem prejuízo às suas atividades laborais, desde que devidamente comprovado nos autos sua atividade.

Ao A10+, o delegado Samuel Silveira, titular do 11º DP informou que o militar tinha a prática de religar o fornecimento de energia do condomínio em que mora após cortes da empresa Equatorial Piauí. As investigações apontaram que esta seria a terceira vez que o PM fazia o furto de energia e água. Um vídeo obtido pela reportagem mostrou o exato momento em que o policial fez, segundo a polícia, a prática criminosa.


Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado